domingo, 7 de novembro de 2010

Sebrae - Parte I

Impressionante, como algumas coisas acontecem tão rápido, não?... Às vezes não percebemos o tempo que passou nem o caminho que percorremos, mas é uma surpresa boa (um susto feliz!!) olhar pra trás e ver que conseguimos ir além do que esperávamos, que chegamos onde nem imaginávamos ... não é mesmo?

É mais ou menos por aí que segue esta minha história!
No dia 4 de outubro (data do meu último post) um rádio mudou toda a minha vida. Ouvi através dele, o anúncio de um evento que aconteceria no Sebrae. Era um simpósio. Mas se alguém me perguntar o que esse anúncio* dizia, eu vou responder bem honestamente: NÃO SEI. Aaueh! É isso mesmo! Um anúncio* que eu nem prestei atenção direito mudou os rumos de tudo! Na verdade, o que havia me chamado a atenção e que entrou na minha cabeçona foi só uma palavra... : "Brasil-Japão".

Só isso foi o suficiente pra me atiçar as ideias e me fazer ir atrás de coisas até então inéditas pra mim... Sim, no dia seguinte, lá estava eu no Sebrae, sem saber direito o que é que eu tava fazendo mas mesmo assim, disposto a fazer...

Fiquei sabendo de tudo: Era o III Simpósio Brasil-Japão, que aconteceria nos dias 8, 9 e 10, ali mesmo no Sebrae. Daí eu fui bem direto e abri o jogo: eu queria participar, mas não como participante (auahe!, ficou péssima essa frase...) Eu queria participar como expositor!

No dia seguinte (quarta-feira), eu tive a confirmação de que havia uma vaga pra mim!! 8D
Fiquei meeeega feliz!! Era minha primeira vez! Mas daí caiu a ficha, de que eu precisava organizar tudo! E que eu tinha só 1 dia pra isso... É... 1 dia!! Porque eu estava entrando numa coisa que já estava sendo organizada há um bom tempo. Pra ficar bem, claro: Peguei o bonde andando!! Os expositores deveriam levar seus materiais na quinta-feira, e montar os espaços, para que na sexta-feira o evento já começasse com tudo pronto. O jeito era correr, né?!

Bom, vou resumir o drama porque não sou mexicano: o sujeito aqui era totalmente amador... nem cartão de visita tinha... (quem diria o resto!!) Mas, no fim deu tudo certo! E meu humilde stand ficou bem simpático!

Olha só:
*("anúncio" continua tendo acento??! O.o)

E foi a partir daí, que surgiram outras histórias...
Novas possibilidades, novas oportunidades apareceram. Conheci pessoas, elas me conheceram, observei preferências, tive milhões de ideias, consegui várias encomendas. Toda uma nova realidade chegou a mim, e me ausentei um pouco aqui do blog, porque precisava me adaptar a ela.

Eu vou mostrar tudo aqui sim! Aos poucos estou conseguindo me reorganizar!

Eu agradeço a todos por esta oportunidade, especialmente ao Sr. Múcio Marinho do Sebrae e a Sra. Sayuri Higa, organizadora do evento.

Ainda tenho algumas coisas interessantes pra falar, mas vai ficar pro próximo post, ok? Gostei muito de poder voltar! Espero que vocês também tenham gostado! ;D

Até breve!

4 coments:

Flaviane Koti disse...

Nossa, para um só dia de organização, vc fez uma bela apresentação. A parte que suas kusudamas são um show.
Bem vindo ao mundo das exposições.
Minha primeira exposição aconteceu qdo eu não sabia fazer kusudamas, tive um mês para aprender e expor, foi BEM simples, modelos bem, básicos, mas é assim mesmo, tem que arriscar.
Agora para começo de dezembro tenho duas, Tem papel espalhado por todos os lados, do lado da cama, na sala, no carro e claro na bolsa.
Ah se eu tivesse quatro mãos...
Bjs e parabéns.

Adriana disse...

Parabéns, pelo Leonardo pela iniciativa, fui tudo muito lindo! Abraços

Vania Passos disse...

Também senti sua falta viu?! Adoro suas histórias malucas, além das peças. Mas tá "perdoado", foi por uma bela causa. Te desejo muita sorte nesse novo vôo (ou será aterrissagem, já que você caiu meio que de pára-quedas nesta história ? rs.........). beijos

Vania Passos disse...

Ô Leo, vc não está no Facebook?